Endometriose tem cura?

Endometriose tem cura?

A Endometriose é uma doença crônica, com características inflamatórias, dependente do hormônio Estrogênio produzido nos ovários, que ocorre durante o período reprodutivo da mulher, portanto só teremos a cura dela quando não tiver mais o estrogênio circulante no organismo da mulher. Apresenta-se quando estruturas celulares da camada que reveste a cavidade do útero, denominada endométrio, se implantam e se proliferam fora da cavidade uterina.

É importante frisarmos que este é um tipo de doença hormônio dependente, a cura ou controle da doença esta diretamente ligada ao controle da produção de Estrogênio no organismo. Devido a isto temo as seguintes situações:

Endometriose, como curar a doença?

A doença tem cura nas pacientes em que a função ovariana de produção hormonal esta ausente, como após a menopausa espontânea ou cirúrgica.

Controle ou Cura temporária:

Temporariamente curada quando a função ovariana esta bloqueada, com medicações que suprimem a produção ou inibem a ação dos Estrogênio ovarianos. Também durante a evolução da gestação e no período de aleitamento, em que a mulher não menstrua, pode ocorrer espontaneamente a cura ou a remissão da Endometriose.

Porque o diagnostico precoce da endometriose é importante?

Todas as situações também levam a diminuição significativa na qualidade de vida das mulheres nos quesitos disposição física, mental e dor corporal; perda estimada em 38% da capacidade de trabalho; altos custos gerados pelo absenteísmo e tratamento da doença e suas sequelas; alterações emocionais importantes.

Portanto quanto mais precoce estes casos forem investigados e os sintomas de dor forem valorizados, mais cedo será o diagnóstico e consequentemente o tratamento poderá ser instituído.

Diretor técnico do Centro de Reprodução Humana Wagner Busato, em São Paulo. Formado em ginecologia e obstetrícia, é especialista em Ultrassonografia, Histeroscopia e Laparoscopia.

Deixe seu Comentário

Artigos Relacionados

Ver todos os Posts