Casais Homoafetivos

Casais Homoafetivos

Atualmente a medicina de reprodução assistida consegue apresentar algumas opções para casais homoafetivos, que tem o sonho de terem filhos de forma biológica, ou não conseguem sucesso através dos processos de adoção.

Para casais homoafetivos femininos, o tratamento aconselhado é a transferência dos embriões formados pelos óvulos de uma das pacientes, ao útero de sua parceira. Nesse procedimento realiza-se a indução da ovulação em uma das parceiras, o óvulo coletado é, em sequência, fertilizado pelo sêmen de um doador anônimo e implantado no útero da outra parceira, em um procedimento semelhante a inseminação artificial.

Para casais homoafetivos masculinos, a opção disponível é mais complicada, mas ainda assim possível, isso porque para estes casos além da necessidade da ovodoação, para realizar a fecundação com os espermatozóides dos parceiros, também é preciso da disponibilidade de um membro próximo da família para realizar a doação de útero, onde o embrião formado através da fertilização in vitro será implantado.